ANVISA - ALERTA DE BIOVIGILÂNCIA

Recebemos da Secretaria de Estado da Saúde, através da Sra. Ana Carolina Machado Gonçalves Pinto, o ALERTA DE BIOVIGILÂNCIA nº01/2017 com relação ao extravio ou possível roubo, de enxertos ósseos humanos no dia 15/05/2017.

Essa comunicação de risco é direcionada aos profissionais de saúde, que devem estar informados do extravio de 12 (doze) unidades de tecidos ósseos humanos liofilizados (anexo) durante o transporte entre as cidades de São Paulo e Rio de janeiro, sob responsabilidade do Banco de Ossos do Hospital das Clínicas do Instituto de Ortopedia e Traumatologia da Universidade de São Paulo.
Todos os serviços e profissionais de saúde, inclusive os Cirurgiões Dentistas, Auxiliares e Técnicos em Saúde Bucal devem verificar cuidadosamente a procedência dos enxertos ósseos humanos liofilizados, e, neste caso, reconhecer e evitar a aquisição dos produtos relacionados no anexo, além de comunicar às autoridades sanitárias, a fim de prevenir quaisquer danos à sociedade.

O que fazer em caso de identificação positiva:
No dia 15/05/2017 o Banco de Tecidos do IOT/HC-USP teve sua carga de produtos (enxerto ósseo humano liofilizado) extraviada ao ser transportada pela empresa dos Correios para a cidade do Rio de Janeiro. Havendo a possibilidade de serviços e profissionais de saúde adquirirem tecido ósseo humano com qualidade e eficácia não asseguradas, e também com intuito de garantir a segurança sanitária, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, alerta os senhores profissionais de saúde que, caso tomem conhecimento da localização do(s) lote(s) dos referidos produtos, notifiquem esta Agência por meio do “Formulário de Notificação da Biovigilância”, com link disponível abaixo.

Adicione-se também, as seguintes recomendações:
Verificar o inventário imediatamente para confirmar se possui alguma das unidades dos lotes extraviados. Identificar e separar as unidades dos lotes relacionados, de maneira a assegurar que o produto não seja usado.
Compartilhar este alerta com todos os profissionais em sua instituição que precisem ser informados.
Manter uma cópia deste alerta junto ao produto, caso o tenha identificado, até que seja descartado.
Certificar sobre a origem dos enxertos ósseos humanos a serem utilizados verificando informações contidas nos rótulos que comprovem o nome, endereço e telefone de contato do Banco de Tecidos; tipo e código de identificação da unidade do tecido, dentre outras.

O presente alerta encontra-se publicado no portal eletrônico da ANVISA: www.anvisa.gov.br

Link para baixar o ALERTA publicado pela ANVISA [clique aqui +]

Link para baixar o ANEXO da relação de produtos [clique aqui +]

Link do Formulário de Notificação da Biovigilância [clique aqui +]

Voltar

Lista de Notícias

Confira a lista completa de notícias

Notícias sobre o que acontece, novidades e muito mais.