Cirurgiões-dentistas participam da 1.ª Corrida e Caminhada da Odontologia do Esporte

Nem a chuva forte que caiu momentos antes da prova afastou os participantes.

Quando os organizadores disseram que a 1.ª Corrida e Caminhada da Odontologia do Esporte do CRO/PR, realizada em conjunto com a 98.ª Corrida da Lua Cheia, iria acontecer "com qualquer condição climática", parecia que estavam adivinhando que a noite seria bem chuvosa.

Mas nem o tempo ruim impediu que dezenas de cirurgiões-dentistas fossem até o Parque Tingui, em Curitiba, no dia 23 de março, participar do evento, realizado para comemorar que a Odontologia do Esporte agora é uma especialidade.

Aos poucos os participantes foram chegando até o estande do CRO/PR, montado ao lado da pista da prova, para pegar o kit da corrida, que incluiu uma camiseta personalizada.

No estande, que serviu para muitos também como abrigo da chuva, que algumas vezes insistiu em cair forte, os participantes também puderam se alimentar com sucos e frutas, para enfrentar os 8,6 quilômetros da corrida ou os 4,3 da caminhada.

A cirurgiã-dentista Roseli Kons diz que a ideia de participar foi para "se divertir". Segundo ela, que atua com implantodontia, participar deste primeiro evento do CRO/PR tinha com finalidade "dar boas risadas" com os colegas que também participariam da caminhada.

E quem também preferiu caminhar foi a cirurgiã-dentista Elisa Tanamati. "Vim para prestigiar o CRO/PR", destacou ela, que atua como endodontista e não tem o hábito de caminhar. "Quem sabe esse não é o empurrãozinho que eu precisava?", disse.

A cirurgiã-dentista Grasielle Karpstein, que atua como radiologista, tem o hábito de correr e participou da 1.ª Corrida do CRO/PR para também prestigiar o Conselho. "Não sei se chego em primeiro, mas vou tentar", brincou.

Para a cirurgiã-dentista Daniele Esmanhotto, que atua em clínica-geral, ela podia não ter chance de ganhar a prova, mas estava ali para participar. "É importante vir, para prestigar o CRO/PR e o amigo Eli", disse.

O amigo é o cirurgião-dentista Eli Luis Namba, que lançou, momento antes da prova, seu segundo livro, "Odontologia do Esporte, um novo caminho, uma nova especialidade".

Segundo Namba, que é mestre e doutor em Odontologia pela PUCPR, especialista em Medicina e Ciências do Esporte pela Universidade Positivo e vice-presidente da Academia Brasileira de Odontologia do Esporte, o reconhecimento da nova especialidade irá permitir que se abram novos campos de trabalho para os cirurgiões-dentistas, em todo o país.

Seu novo livro possui 369 páginas e foi escrito em parceria com Clara Padilha. Está à venda pelo site da Editora Ponto.

O presidente do CRO/PR, Roberto Cavali, também participou do evento, juntamente com alguns integrantes da diretoria, dente eles os cirurgiões-dentistas Carmen Lúcia Arrata, Edson Milani de Holanda e Gilce S. Czlusniak Alves da Costa, além de funcionários administrativos. Enquanto alguns trabalhavam no estande, outros aproveitaram para também participar da corrida.

Na chegada, todos os participantes receberam uma medalha, que de um lado estampava a 98.ª edição da Corrida da Lua Cheia e, na outra face, a 1.ª Corrida e Caminhada da Odontologia do Esporte do CRO/PR.

Os ganhadores das provas você confere em breve no site da Click Corridas.

  • Fonte: Assessoria de Imprensa

Voltar

Lista de Notícias

Confira a lista completa de notícias

Notícias sobre o que acontece, novidades e muito mais.