CRO-PR inicia avaliação dos municípios que correm ao primeiro prêmio nacional CFO de saúde bucal.

Nesta sexta-feira, 17, na sede do CRO-PR em Curitiba, foi realizada a primeira reunião da comissão especial que fará a avaliação dos trabalhos enviados pelos municípios para concorrer ao primeiro Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal.

O objetivo do prêmio é promover a saúde bucal nos municípios brasileiros através da avaliação de diversos critérios relativos aos investimentos no setor de Odontologia dentro do orçamento Geral das secretarias municipais de saúde, assim como as ações realizadas com foco na melhoria do atendimento público em saúde bucal.

A comissão de avaliação é formada pelo CD Dr. César José Campagnoli, do CESCAGE, a CD Dra. Maria Lucia Tozetto Vettorazzi do Instituto Federal do Paraná, CD Dra. Marcia Helena Baldani Pinto, da Universidade Estadual de Ponta Grossa, CD Dra. Gabriela Pereira Afonso e CD Dra. Carolina De Oliveira Azim Schiller, ambas da Divisão de Saúde Bucal da Secretaria de Estado da Saúde-SESA, CD Dra. Marilisa Carneiro Leão Gabardo, da Universidade Positivo e a Coordenadora Estadual de Saúde Bucal, Dra. Erika Luiza Da Silva Feller. A comissão é inteiramente composta por Cirurgiões-Dentistas dissociados das municipalidades.

"Teremos bastante trabalho pela frente, pois os relatórios recebidos tem muitas informações e o faremos com muito respeito, pois temos certeza que foram elaborados com muito profissionalismo, por pessoas que têm verdadeiro interesse pelo bem da Odontologia", comentou o Dr. Campagnoli.

A segmentação dos Municípios concorrentes é de até 50.000, de.50.001 a 300.000 e acima de 300.001 habitantes, conforme a portaria que criou o certame, conferidas com o Censo de 2010 do IBGE.

Confira a lista dos Municípios que me enviaram os trabalhos:

Até 50.000 habitantes, Agudos do Sul, Bituruna, Cambira, Campo do Tenente, Chopinzinho, Figueira, Goioxim, Ibiporã,  Jaguariaíva, Lapa, Medianeira, Palmeira, Porto Vitória, Quitandinha, Santa Terezinha de Itaipu, São João do Triunfo, São Jorge D' Oeste e Serranópolis do Iguaçu.

De 50.001 a 300.000 habitantes, Apucarana, Arapongas, Araucária, Cambé, Campo Largo, Município de Cascavel, Francisco Beltrão, Paranavaí e Pato Branco. Acima de 300.000 Curitiba e Ponta Grossa.

  • Fonte:

Voltar

Lista de Notícias

Confira a lista completa de notícias

Notícias sobre o que acontece, novidades e muito mais.