Unidades de Saúde abrem neste sábado para vacinação contra a gripe

Postos no Paraná estarão abertos das 8h às 17 horas para vacinar a população dentro dos grupos de risco determinados na campanha.

O Dia D contra a gripe acontece em todo o Brasil neste sábado (30). As Unidades de Saúde no Paraná estarão abertas das 8 às 17 horas para vacinar a população dentro dos grupos de risco determinados na campanha. A vacina protege contra os vírus da Influenza A (H1N1), Influenza B e H3N2, que circularam no país no último ano.

“Todos os municípios devem participar do Dia D e manter pelo menos um ponto de atendimento aberto no sábado (30). O cidadão deve verificar a Unidade mais próxima de sua residência que irá participar da ação”, diz o coordenador estadual de Imunização, João Luís Crivellaro.

Idosos com mais de 60 anos, crianças de seis meses até cinco anos incompletos, gestantes, mulheres que deram a luz nos últimos 45 dias e portadores de doenças crônicas podem procurar a Unidade de Saúde mais próxima para se vacinar. A campanha também atinge outros públicos de risco, como trabalhadores de saúde, população indígena e privados de liberdade.

Desde o início da mobilização, na última segunda-feira (25), o Paraná já aplicou 359 mil doses da vacina. A meta é vacinar mais de 80% da população de risco, que totalizam mais de 2 milhões de cidadãos no Estado até o fim da campanha, no dia 20 de maio.

CUIDADOS – Mesmo com a imunização, os cuidados para prevenir a doença devem continuar. A Secretaria da Saúde recomenda a lavagem frequente das mãos com água e sabão principalmente depois de tossir ou espirrar e ao chegar da rua. Outra recomendação é cobrir a boca e o nariz com um lenço descartável quando for tossir ou espirrar.

Os objetos e superfícies que entram em contato constante com as mãos, como mesas, teclados, maçanetas e corrimãos, devem ser limpos com álcool. Objetos de uso pessoal, copos, talheres e alimentos não devem ser compartilhados.

“Mesmo com a baixa das temperaturas, é necessário manter os ambientes sempre abertos e bem ventilados. As pessoas também devem evitar a permanência em ambientes fechados e com aglomeração de pessoas”, indica Crivellaro.

ATUALIZAÇÃO – Desde janeiro deste ano até a última quarta-feira (27), o Paraná já registrou 131 casos de Influenza. Desses casos, 104 são de gripe A (H1N1). Os casos de H1N1 estão espalhados por 15 Regionais de Saúde (RS) no Estado.

A Secretaria da Saúde confirmou três novos óbitos por gripe no Estado. Agora, no total, são oito mortes por H1N1 no Paraná – mais uma em Foz do Iguaçu, outra no município de Marmeleiro, na região sudoeste, e em Cornélio Procópio. Outro óbito em Foz do Iguaçu, além dos de Maringá, Quitandinha, São José dos Pinhais e Umuarama já tinha sido confirmados nas semanas anteriores.

  • Fonte: Assessoria de Imprensa

Voltar

Lista de Notícias

Confira a lista completa de notícias

Notícias sobre o que acontece, novidades e muito mais.