Geninho Thomé, da Neodent, recebe homenagem da AECIC

A solenidade contou com a presença de diversos profissionais da área da Odontologia.

Geninho Thomé, atual presidente científico e membro do conselho administrativo da Neodent, foi homenageado no dia 27 de julho pela Associação das Empresas da Cidade Industrial de Curitiba ( AECIC). A solenidade contou com a presença de diversos profissionais da área da Odontologia.

Sua história, publicada na ocasião, pelo jornal Indústria&Comércio, de Curitiba, serve de inspiração para todas as áreas. Confira:

"A trajetória do cirurgião-dentista, nascido em Santa Helena, interior do Paraná, ganhou o mundo ao negociar sua empresa com a líder mundial do segmento de implantes dentários, a suíça Straumann.

Dr. Geninho Thomé tem o empreendedorismo no sangue. Filho de pais agricultores, viu a família buscar por inovações sempre, adquirindo o primeiro trator da região, a primeira colheitadeira. “Meu pai sempre foi um empreendedor, dentro do segmento dele”. Com estes princípios, de procurar fazer sempre o melhor e não se acomodar com situações adversas, Geninho chegou em Curitiba aos 14 anos, para terminar o curso secundário e se preparar para o vestibular.

Sem ter dúvidas da profissão que queria seguir, seu primeiro emprego, foi em uma fábrica de medicamentos na capital. Depois de concluir os estudos, prestou vestibular para Odontologia em Florianópolis e retornou à capital paranaense como cirurgião-dentista.

Atuando na área, Dr. Geninho percebeu a dificuldade pela qual passavam seus pacientes que necessitavam de reposição de um ou mais dentes. Ao buscar especializações na área de implantodontia, participou de um curso nos Estados Unidos que lhe deu a diretriz que necessitava.

“Tive uma disciplina de como fabricar um implante e obtive apoio de um professor mexicano, que me conseguiu um pedaço de titânio”, lembra. Thomé conta que a descoberta do material, suas propriedades e manuseio permitiu chegar a tecnologia disponível hoje, em implantes.

Em seu consultório ele tinha uma oficina montada nos fundos, onde passou a fabricar implantes para seu próprio uso, já nos anos 90. “Não foi um processo rápido. Para chegar ao modelo foram cinco anos de desenvolvimento, dedicando tempo e recursos financeiros. Tudo o que eu ganhava como dentista, no consultório, eu investia no meu projeto. Foram tempos difíceis, em que nem todo mundo acreditava que daria certo”, explica ele, hoje referência mundial na linha de pesquisa e desenvolvimento de implantes.

Geninho relembra que seu objetivo, ao produzir implantes, era oferecer o tratamento a todo mundo que necessitava. “Os implantes eram muito caros, todos importados. Eu atendida pessoas de todos os perfis em meu consultório e sentia a resistência deles, em colocar um implante, justamente pelo alto custo. Como dentista, sei da importância que uma boca saudável e completa desempenha na vida da pessoa. Os benefícios vão além da estética. É uma questão de saúde e bem-estar”, diz o dentista.

Com a intenção de “fabricar sorrisos”, Dr. Geninho começou a utilizar os implantes próprios nos pacientes do consultório e logo recebeu encomendas dos colegas dentistas. “O valor do meu implante chegava a ser 10 vezes menor do que o disponível no mercado, pois era importado e estávamos vivendo a crise dos anos 90”, diz, contextualizando, que foi na dificuldade que encontrou a oportunidade.

Sempre com o apoio e participação decisiva da Dra. Clemilda Thomé, em 1993, com a fundação da Neodent, Dr. Geninho fez a conta de que, para que sua produção de implantes fosse sustentável, era preciso comercializar cerca de 500 implantes. Não foi difícil atingir a meta, já que o produto foi vastamente divulgado entre colegas profissionais. “O implante, apesar de produzido de forma artesanal, era um excelente produto, feito de ótimo material e adequado para os tratamentos necessários. E, o mais importante, acessível a quem precisava”.

Dr. Geninho atribui muito de sua popularidade às inúmeras participações em fóruns, feiras e congressos. “Os colegas ouviam as palestras e demonstrações e iam ao estande conhecer o produto”.

Sempre dedicado a aprimorar técnicas, soluções e tratamentos, Thomé mantém suas pesquisas até hoje. Nestes mais de 30 anos de dedicação, foram muitas as conquistas. O implante foi a primeira delas. Após, na convivência acadêmica e profissional, passou a estudar próteses para tratamento bucomaxilofacial, para a reestruturação maxilar, de microfraturas e microfragmentos.

Desta necessidade surgiu a Neoortho, empresa especializada em implantes ortopédicos. “Já tínhamos o domínio do titânio. Ele é um material que exige uma técnica diferente para se manusear, equipamentos próprios. Com esse know-how, passamos a produzir o que era necessário para as demandas atendidas, na área facial. A notícia se espalhou e surgiram pedidos para outros tipos de próteses. Hoje a Neoortho possui duas sedes, uma em Fort Myers nos Estados Unidos e outra em Curitiba, produz placas e parafusos para área da coluna, em parceria com empresas alemãs, para traumatologia e fraturas de membros superiores e inferiores em geral”, explica, enfatizando que a qualidade do material é referência mundial.

“Tudo o que procuramos fazer, tem que partir do princípio de ser o melhor. Temos esta visão em todos os segmentos que atuamos”. Com um portfólio de mais de 7 mil itens para implantes, a companhia implementa um plano ambicioso de crescimento também fora do Brasil, com apoio de seu filho Guilherme Thomé, responsável global pela área comercial da companhia.

Nos negócios, seu tempo é dividido entre a Neodent – atualmente ocupando o cargo de presidente científico, ILAPEO, Neootho e outros segmentos. “As pesquisas não param. Mantemos o Ilapeo – Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino, que há 10 anos serve como laboratório de desenvolvimento e testes de todos os implantes. Além disso, desempenha papel social, uma vez que os tratamentos são oferecidos à comunidade”, diz.

Dr. Geninho Thomé investe em outros segmentos também, atualmente é Sócio da Pasqualotto & GT Empreendimentos, incorporadora especializada em edifícios de luxo na região de Balneário Camboriú, litoral catarinense. O principal projeto desta parceria, denominado Yachthouse by Pininfarina, é hoje considerando o maior empreendimento imobiliário residencial do Brasil. Com duas torres de setenta e quatro andares, o empreendimento está localizado junto à Marina Tedesco, com acesso exclusivo pelo condomínio. O empreendimento leva a assinatura do estúdio italiano Pininfarina, famoso por projetar carros de luxo como a Ferrari e a Rolls-Royce.

Questionado sobre o segredo do sucesso em todas as empreitadas que se dispõe a fazer, o empreendedor revela. “Não fazemos nada sozinhos. Ter um objetivo claro, muita pesquisa e uma equipe que tenha estes mesmos objetivos são primordiais. Respeito ao próximo e ter a mente aberta para ouvir. São nestas práticas que enxergamos as oportunidades”, ensina."

  • Fonte: Assessoria de Imprensa

Voltar

Lista de Notícias

Confira a lista completa de notícias

Notícias sobre o que acontece, novidades e muito mais.