Nota de Esclarecimento e atualização das diretivas de atendimento odontológico.

O CRO-PR informa, como atualização (27/03) que, de acordo com a Vigilância Sanitária, que exclusivamente no Estado do Paraná continuam proibidos os atendimentos eletivos no setor público e que nos atendimentos urgentes os profissionais devem receber e utilizar os EPIs adequados.

Na iniciativa privada, a recomendação deste Conselho ainda é a de suspensão dos atendimentos eletivos, orientando para que sejam feitos apenas atendimentos de urgência. No entanto, a decisão de “fechar ou manter ativo” os estabelecimentos, não é atribuição de qualquer Conselho de Classe do país e, sim, dos órgãos da administração Federal, Estadual ou Municipal. Orientamos que os profissionais devem agir com prudência, além de informar-se e atender aos decretos municipais, que definem localmente a estratégia de ação.

Como o atendimento odontológico é de livre arbítrio do Cirurgião-Dentista, resguardada a legislação regional, o CRO-PR, de acordo com normas sanitárias, exige o uso de EPIs adequados, inclusive e principalmente a máscara N95, que sejam evitadas as aglomerações em salas de espera utilizando-se de horários agendados e, em caso de cadeiras lado a lado, que sejam demarcadas a distância recomendada, além de outros procedimentos de segurança biológica necessários para cada tipo de sala/instalação.

A execução de procedimentos sem EPIs adequados e cuidados de biossegurança citados são infrações éticas de manifesta gravidade e devem ser denunciados pelo email denuncias@cropr.org.br,

O CRO-PR entende o momento de excepcionalidade pelo qual passamos, da gravidade desta pandemia, os reflexos econômicos e na saúde, mas concentra o foco na saúde dos profissionais e pacientes.

Confira a Nota na íntegra: https://bit.ly/NotaEsclarecimento27032020

Voltar

Lista de Notícias

Confira a lista completa de notícias

Notícias sobre o que acontece, novidades e muito mais.