Rede de atendimento odontológico é reforçada com centro cirúgico do Hospital do Idoso

Os procedimentos são realizados por cirurgiões-dentistas dos Centros de Especialidades Odontológicas e por residentes de cirurgia buco-maxilo-facial que fazem atendimento nos CEOs.

A rede de atendimento em Curitiba a pacientes com problemas odontológicos que precisam de anestesia para realização do tratamento está sendo reforçada com a utilização dos centros cirúrgicos do Hospital do Idoso Zilda Arns e do Centro Hospitalar de Reabilitação Ana Carolina Moura Xavier.

Os dois locais passaram a receber pacientes atendidos nas unidades de saúde de Curitiba ou nos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO, numa parceria que visa ampliar a eficácia ao tratamento.

Na tarde da última quarta-feira (5), Rian Antunes Scain, de 14 anos, deu entrada no Hospital do Idoso para reparar um problema no canino e pré-molar inclusos, e que pela posição complicada dos dentes, exigiu uma cirurgia mais complexa.

Atendido na unidade de saúde Sagrado Coração, no Pinheirinho, ele passou por atendimento no Centro de Especialidades Odontológicas Sylvio Gevaerd, que agendou a cirurgia na instituição hospitalar. “A previsão é que ele fique internado aqui no hospital por três dias. Fico tranquila porque minha mãe já foi atendida aqui e gostei bastante”, contou Sulmara Antunes, mãe de Rian.

O coordenador de Saúde Bucal da Secretaria, Wellington Zaitter, explica que a porta de entrada para qualquer atendimento odontológico são as unidades de saúde e que, quando necessário, pela complexidade do caso ou condição de saúde do paciente, a unidade faz o encaminhamento para os CEOs. “A maior parte dos casos que necessitam de anestesia geral são de pacientes com algum tipo de deficiência, que em procedimentos mais complexos, invasivos ou de maior duração podem ficar inquietos e não cooperativos”.

Com a parceria, o Hospital do Idoso ficou responsável pelo atendimento pré-anestésico e anestésico, pelo serviço de esterilização dos materiais e pela cessão do espaço. “Estamos reservando horários semanais para realização de consultas pré-anestésicas para dar mais agilidade ao atendimento desses pacientes”, frisa Gustavo Schulz, diretor geral da Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (Feaes), que administra o hospital.

Os procedimentos são realizados por cirurgiões-dentistas dos Centros de Especialidades Odontológicas e por residentes de cirurgia buco-maxilo-facial que fazem atendimento nos CEOs. Eles também acompanham a evolução do paciente durante o internamento e são responsáveis pela alta hospitalar.

A intenção da Secretaria Municipal é capacitar também os profissionais das unidades básicas de saúde que tiverem interesse, para realizar os procedimentos nos hospitais. “A intenção é que sejam realizadas seis cirurgias semanais nas duas instituições hospitalares. As mais complexas serão encaminhadas para o Hospital do Idoso por ele conseguir dar também o suporte de UTI” frisa Zaitter.

  • Fonte: Assessoria de Imprensa

Voltar

Lista de Notícias

Confira a lista completa de notícias

Notícias sobre o que acontece, novidades e muito mais.