Servidores da saúde de Curitiba realizam neste sábado manifestação contra cortes na gratificação

Concentração será na Praça Santos Andrade, a partir das 9 horas, com passeata pelo centro da cidade

Será realizado neste sábado (20) em Curitiba o ato público #FruetNãoArrocha, que tem como objetivo evitar que cirurgiões-dentistas e mais 12 categorias de profissionais da rede pública de saúde da capital tenham reduções nas gratificações.

Algumas das categorias podem ser prejudicadas com o programa que a prefeitura pretende colocar em prática para expandir a Estratégia Saúde da Família (ESF), mas que prevê a repartição de recursos.

Os cirurgiões-dentistas interessados em participar do ato podem comparecer ao local da concentração dos manifestantes, Praça Santos Andrade, a partir das 9 horas. Os profissionais da saúde irão percorrer a Rua Marechal Deodoro, no Centro de Curitiba, seguem até a Boca Maldita, e encerram o ato com um abraço simbólico na Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho.

Além da não repartição dos recursos a pauta do ato público pede a ampliação do ESF, incorporação de 10% do IDQ, isonomia nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), cumprimento dos acordos e valorização da saúde.

Nesta segunda-feira (15), durante assembleia promovida pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (Sismuc), os profissionais rejeitaram a proposta da prefeitura. No entendimento dos trabalhadores a prefeitura pretende retirar as conquistas financeiras e não investir o necessário na área de saúde. Os participantes do encontro do dia 15 desatacaram que a expansão da ESF não pode representar perdas financeiras para os servidores.

  • Fonte: Assessoria de Imprensa

Voltar

Lista de Notícias

Confira a lista completa de notícias

Notícias sobre o que acontece, novidades e muito mais.